Menu

Precificação: valor para as pessoas e lucro para sua empresa

Autor: Diego Gomes

Por que devo me preocupar com o preço que devo colocar em um produto ou serviço, ou seja, com a precificação?

O motivo para se trabalhar com a precificação é simples, você pode aumentar o faturamento da sua empresa com pequenas mudanças sempre respeitando a satisfação do seu cliente.

Precificação: O Segredo Para Aumentar o Lucro de sua Empresa

 

O preço pode afetar os seguintes aspectos na jornada do cliente:

Benefício ao consumidor

O preço pode ser essencial no momento da compra, embora o consumidor não considere apenas este fator. Há uma faixa de aceitação para o valor de um produto. Tente ressaltar os benefícios e garantias oferecidos. A credibilidade de sua marca também pesa muito na escolha do consumidor, por isso é uma boa pedida agregar valores de responsabilidade social.

Definição do público-alvo

O preço pode ajudar a definir seu target, pois ele ajuda a formar uma imagem a respeito de determinado produto. Muitas empresas optam por fixar preços altos para apoiar posicionamento de exclusividade e luxo.

Acompanhamento dos concorrentes

É o mercado que diz o quanto está disposto a pagar. Neste caso, é preciso acompanhar a concorrência. É possível aumentar o número de vendas e giro de produtos colocando um preço mais baixo que os seus concorrentes, mas cuidado com suas margens. Tudo depende de sua estratégia.

A formação do preço de venda

Podemos voltar a um dos conceitos de marketing, o Mix de Preço, na qual podemos estabelecer o valor do produto ou serviço a partir do  momento que mensuramos o benefício que ele gera ao consumidor e o valor percebido que ele possui.

Como precificar um produto

Para isso o empreendedor ou o responsável por gerenciar os preços dos produtos de uma empresa tem que ter em mente o quanto a empresa tem a capacidade de produzir tal objeto ou fornecer um determinado tipo de serviço, o desconto que ele pode dar aos clientes na hora do lançamento do produto e o quanto a empresa pretende obter de lucro para superar as suas despesas e assim definir a política de preços de sua companhia.

Na hora de precificar um produto é necessário levar em conta a demanda que esse produto possui. Se o preço é mais baixo, irá aumentar a demanda, se o preço é mais alto, a demanda irá cair. Através da observação é possível trabalhar um preço de venda mais adequado ao consumidor.

Como calcular o preço de venda?

Para calcular o preço de venda é importante levar em consideração: o custo do produto; as despesas (aluguel, funcionários, plataforma, etc) e a margem de lucro desejada.

Uma forma mais precisa para calcular a precificação é através de fórmulas, como as descritas abaixo:

Legenda:

Agora vamos às fórmulas:

Como calcular o custo fixo:  %CF = MMCF x 100 / MMV

Como calcular a taxa de marcação:  TM = 1 – %CC + %Lucro +%CF

Como calcular seu preço de venda à vista:  PVV=CMV/TM

Como calcular o markup:  Markup=1/TM

Como calcular o preço de venda à vista através do Markup:  PVV=CMV x Markup

O interessante é tentar achar um ponto onde se obtenha lucro e que atenda ao valor percebido pelo cliente, assim é possível criar um preço competitivo. Lembre-se sempre de acompanhar a concorrência. Em matéria de e-commerce, não existe mais preço fixo. A precificação parte da base destes cálculos e varia de acordo com o posicionamento dos concorrentes e momento de mercado. Parece difícil? Já existem ferramentas de precificação dinâmica ou precificação inteligente que prometem facilitar a vida para o comércio eletrônico.

Conheça seus custos

Entender as despesas que são necessárias para rodar o negócio é muito importante para se estabelecer uma precificação adequada. É possível achar vários modelos de planilhas de custos em livros de administração ou na própria internet. O importante é sempre ficar atento neste ponto pois ele é vital para sua empresa.

Equilíbrio

Se o preço ditado pelo mercado for menor que o encontrado a partir dos custos internos da empresa, o empresário deve refazer os cálculos financeiros para avaliar a viabilidade da sua prática. Em outras palavras, para equilibrar o preço de venda, a empresa deve diminuir custos diretos, despesas fixas ou ainda aceitar um lucro líquido menor.

Vantagem em relação a concorrência: Impacto da responsabilidade social

Segundo o Reputation Institute, “a responsabilidade social corporativa tem um peso de 41% nas avaliações dos consumidores sobre a reputação de uma empresa”. A nova geração de consumidores se preocupa cada vez mais com a ideologia das corporações e como elas se relacionam com os funcionários, a sociedade e a natureza.

Mostrar que se preocupa com outras questões além da lucratividade do seu negócio (sabemos o quanto é importante) pode aumentar o valor percebido de sua marca e dos seus produtos, pois o consumidor sabe que a sua compra pode impactar a vida de alguém de maneira positiva.