Menu

7 boas práticas de responsabilidade social

7 boas práticas de responsabilidade social

 

Responsabilidade Social é uma iniciativa que a empresa adota por vontade própria, sem estímulo governamental, que promove o bem estar do seu público interno.

Com isso em mente, existem sete vetores que podem direcionar sua empresa a melhorar as práticas de Responsabilidade Social:

  1. Retorno aos acionistas;
  2. Sinergia com os parceiros;
  3. Comunicação transparente;
  4. Preservação do meio ambiente;
  5. Satisfação de clientes e consumidores;
  6. Investimento no bem estar dos funcionários e dependentes em um ambiente de trabalho saudável;
  7. Apoio ao desenvolvimento da comunidade em que atua.

Além disso a empresa pode adquirir certificações que provem que ela adota boas práticas empresariais.

ABNT NBR ISO 26000: Lançada em São Paulo, tem como modelo a Norma Internacional ISO 26000, ela serve como uma diretriz para empresas que estejam interessadas em praticar Responsabilidade Social Empresarial.

Ela possui sete princípios:

  1. Comportamento Ético: Trabalhar de forma correta perante a sociedade e a natureza, baseado na integridade, equidade e honestidade. Trabalhando de forma alinhada com as normas internacionais de comportamento;
  2. Respeito pelos stakeholders: Considerar e atender as necessidades dos grupos ou pessoas que possuam interesse nas atividades da organização ou que podem ser afetados por ela;
  3. Direito aos humanos: Zelar para que as atividades praticadas pela empresa não colidam direta ou indiretamente com os Direitos Humanos, cuidando do ambiente social, econômico e natural exigidos;
  4. Respeito pelo Estado de Direito: Cumprir as leis do local em que a empresa está inserida;
  5. Respeito pelas Normas Internacionais de Comportamento: Adotar os acordos e tratados internacionais que são favoráveis à responsabilidade social, mesmo que não seja uma imposição por lei;
  6. Transparência: Deixar de forma clara, compreensível, acessível e em prazos adequados todas as informações e fatos que possam afetar as partes interessadas;
  7. Prestação de contas: Responsabilizar-se pelas consequências das ações e decisões, que possam causar impacto na economia, sociedade e no meio ambiente. Prestar contas aos órgãos responsáveis e partes interessadas, declarando o seu erro e medidas para remediá-los.

Selo Empresa Amiga da Criança: O selo foi criado pela Fundação Abrinq e atesta que a empresa não utiliza mão-de-obra infantil. Além disso, contribui para o desenvolvimento da condição de vida das crianças e dos adolescentes.

AA1000: Uma avaliação anual, criada pelo Institute of Social and Ethical Accountability, a AA1000 foca na relação da empresa com os Stakeholders.

SA8000: Uma das Normas Internacionais mais conhecidas a Social Accountability 8000 foi criada pelo Council on Economic Priorities Accreditation Agency (CEPAA), foca nas relações trabalhistas e busca assegurar que não haja ações antissociais como discriminação, trabalho escravo ou infantil ao longo da sua cadeia de produção.

ISO14000: Foio criada pela International Organization for Standardization e destaca as ações ambientais criada pela empresa.

Que tal dar o primeiro passo para adotar a Responsabilidade Social para a sua empresa?

 

Fonte: http://www.responsabilidadesocial.com/o-que-e-responsabilidade-social/

http://www.faap.br/revista_faap/revista_facom/facom_17/silvio.pdf


LEIA TAMBÉM

Por que ajudamos outras pessoas? Por que doamos?

O que é responsabilidade social e qual a importância dela para a sua empresa?

“Bem infinito” mostra que é possível criar um produto em 24 horas